CRONICA 5

CRONICA 6

Esta não é uma ficha técnica. É um convite para uma FESTA!!

Trabalhamos, trabalhamos, trabalhamos.. e às vezes temos um vislumbre de vitória! Uma jogada incrível e a bola dentro da baliza! É golooo! Estou aqui e meti golo!! É assim cada vinho, cada CRONICA que faço e que partilho!

Esta ainda é mais especial, porque foi feita num ano muito difícil.. um ano de medos e inseguranças. Um ano duro e triste. Mas a alegria só espera uma nesga, uma oportunidade.

A oportunidade é este branco de 2020, feito no Douro, em Sabrosa, terra de vistas deslumbrantes e de ar puro e fresco. Ideal para as uvas que fazem este vinho: o Gouveio, uma casta que me persegue e que eu persigo. Desde os anos 90, em que descobri a “prima” Verdejo na Rueda, que me levou aos Verdelhos nacionais, da Madeira, dos Açores e finalmente ao galego Godello. Não interessa tanto o parentesco entre estas castas, mas mais o fio condutor. O fio que nos conduz nas estórias, que se tece numa logica própria e nos empurra para um destino.

O meu convite, o Vosso destino, é este: abrir esta CRONICA, antecipar os aromas, a boca, saber que há paixão neste vinho e participar na FESTA!!

Com 12,5º este é um vinho leve e intenso, elegante e com carater, simples mas completo.

Para beber fresco, mas não demasiado (10 a 12º), e acompanhar saladas exóticas, peixes de gostos suaves e queijos curados.

Á Vossa!